O Marketing Digital costuma ser divulgado e se torna conhecido pelas pessoas através de algumas de suas sub-áreas. Fala-se muito sobre temas como mídias sociais, email marketing e SEO.

E ao falar sobre mídias sociais, a importância do monitoramento e as vantagens do relacionamento com clientes são sempre assuntos citados. A produção de conteúdo serve como munição para os usuários de mídias sociais e deve ser prioridade.

Independente de como se usa as redes sociais, o que é importante é a qualidade do conteúdo produzido. Conteúdo relevante gera links, a premissa de qualquer trabalho em SEO.

Para compor os resultados de uma pesquisa, as páginas são analisadas pelo Google, basicamente, sob dois aspectos. Um deles é a compatibilidade da pesquisa do usuário com o conteúdo da página. O segundo aspecto é a importância do site e se esse site é uma referência confiável ou não.

Dessa forma, por mais que o estudo de palavras-chave seja feito, e que os títulos, headings e links internos sejam otimizados para a palavra, de nada valerá se a sua página não tiver relevância perante o Google.

Saiba com essas 4 dicas a importância em gerar conteúdo:

  1. Conheça seu público
    É essencial e primordial. Para relacionar, tem que conhecer. Estude a fundo o público alvo da sua empresa e fuja das tabelas demográficas que fazem pouco sentido na hora de escrever um post auxiliando seu cliente a usar um produto, por exemplo. Quanto mais psicológico, melhor. Entender o comportamento de compra ajuda muito na hora de gerar conteúdo.
  2. Tenha um cronograma
    Para driblar a falta de recursos – pode ser tempo, equipe ou até orçamento – o melhor é ter disciplina. Esteja preparado, mantendo sempre alguns posts, palestras e podcasts em standby. Se algum imprevisto surgir, sua marca terá conteúdo para alimentar os canais de informação. Uma dica é gerar conteúdo em blocos: faça uma triagem de assuntos e estruture a publicação através de agendamento. Descubra a frequência dos seus concorrentes e a voracidade por informação do seu mercado – eles são os indicadores.
  3. Diversifique o conteúdo
    O reflexo de conhecer os interesses do seu público surgem aqui, na hora de diversificar – e definir – os temas do conteúdo a ser gerado. É necessário definir os objetivos da empresa nas mídias sociais – definir o porquê dela estar nas mídias sociais – para então, escolher os canais oficiais. É interessante estar onde o seu cliente está. Se ele está no Twitter, pode ser estratégico para a marca estar nessa rede social.
  4. Monitore os resultados
     Mantenha as métricas oficiais como número de reclamações, horas de call center, ROI, vendas, lucratividade etc. Além delas, mantenha métricas como engajamento, viralidade, alcance e share social. Eis o mundo do SRM ou Social Relationship Management, o CRM das mídias sociais. O importante é gerenciar, ir além dos @ no Twitter, ter informação. Existem as ferramentas gratuitas, as ferramentas pagas para gestão de marcas nas mídias sociais e também verdadeiros softwares para Inbound Marketing – que entregam informação valiosa sobre aquilo que é postado.

Se a sua empresa quer ser vista como a referência no assunto, é importante que ela própria produza conteúdo e mostre seus conhecimentos.

Fonte: Site Tudo Sobre Marketing Dgital

Não sabe, não consegue ou não quer gerar conteúdo? Contate-nos que faremos uma análise da sua necessidade e poderemos atender á sua empresa gerando conteúdo de qualidade e vendedor do seu produto/Serviço

Contate-nos agora