Confira nesse artigo como você pode criar do zero ou melhorar sua página “Sobre mim”!

“Se vamos ser amigos, você deve saber que eu re-esquento meu café até ele ficar quente o suficiente para queimar minha língua. Eu só assisto filmes de terror cobrindo meus olhos e eu definitivamente não gosto de elefantes, apesar de querer o melhor pra eles.”

Essa é a linha mais comentada da página “Sobre mim” de Lindsay Pietroluongo. É a última frase de todas, e o sexto parágrafo de 275 palavras. Logo, isso significa que as pessoas estão lendo praticamente tudo da página. Eles se sentem confortáveis para mandar emails a ela perguntando sobre. (“Você re-esquenta seu café? Tipo, no microondas? E o que é aquela coisa com os elefantes? Quem não ama elefantes???”) Num mundo onde é difícil ganhar a atenção de qualquer um por mais de um segundo, eu diria que a página é um sucesso.

Apesar disso, ela cometeu alguns erros na sua página “Sobre mim”. Ela foca muito pouco nos negócios e no que ela faz. Ela também não adicionou nenhum depoimento e nenhum CTA no final. Enquanto o texto é interessante o bastante para fazer pessoas entrarem em contato, está inacabado. Eu sei quantas pessoas ela converteu com isso, mas nunca vou saber quantas pessoas ela perdeu devido a certos pontos importantes que faltam na página.

Portanto não seja como ela. Seja você a pessoa com uma página “Sobre mim” que tenha alta performance e uma boa execução. Nesse artigo te mostraremos como fazer isso.

Eu preciso de uma página “Sobre mim”?

Sim. Próxima pergunta?

A página “Sobre mim” é essencial em qualquer site, sendo ele individual sobre seus pensamentos ou sendo sobre uma empresa gigante com diversas landing pages. Sua página “Sobre mim” não é necessariamente o que leva pessoas ao seu site, mas há um número grande de pessoas que vão se interessar.

Ok, mas a escrita realmente importa?

Sim. Um site com um belo design vai atrair pessoas, mas conteúdo é o que as mantem nele. Ter uma página “Sobre mim” mal escrita é pior do que não ter uma. Mantenha ela simples, até se sua industria for mais sofisticada. Use o Hemingway app caso precise de palavras.

Também, nomeie sua página “Sobre mim” para algo óbvio como: Sobre, Sobre mim, Sobre nós. Não seja criativo aqui – as pessoas vão procurar uma página sobre mim, e dessa forma precisaram descobrir sobre o que a página “Nossa essência” deve ser sobre. Seja direto no nome da sua página “Sobre mim”.

Isso é muito difícil!

Tem uma razão pela qual empresas contratam escritores: escrever é difícil. Escrever uma página “Sobre mim” é ainda mais pois você deve dar para as pessoas informações suficientes para manter seus interesses. Isso tudo sem fazer um texto enorme. Eu uso um limite de 500 palavras, e a página “Sobre mim” da Moz’s, é um dos melhores exemplos que eu já vi. Esse limite de palavras pode não soar intimidador, mas escrever 500 palavras excelentes é muito mais difícil que escrever um blog post de 1000 palavras. Você tem que colocar muita informação numa página “Sobre mim”, o que significa que cada frase conta muito.

O que uma página “Sobre mim” NÃO É

1. Uma autobiografia

2. Um lugar para compartilhar uma longa história sobre sua marca ou sua empresa, até mesmo se for super interessante. Ao invés disso, escreva um blog post sobre o assunto.

3. Chata. Você pode até se interessar pela história por trás de sua empresa e sua fundação a um século atrás, mas se vai fazer seu leitor dormir durante a leitura, deixe isso de fora. Portanto só fale das informações mais interessantes e relevantes que realçam a imagem da sua marca.

4. Sobre você. Apesar de chamarmos a página de “Sobre mim”, a página na verdade é “Sobre o leitor”. Então, você vai contar sobre o por que de você ter o propósito de se relacionar com o leitor, e não para seu ego. Somente no caso se você ser uma celebridade ou um influenciador, as pessoas realmente não ligam para sua história a não ser que aquilo melhore suas vidas.

Elementos de uma boa página “Sobre mim”

Eu listei aqui elementos que de um certo modo fazem mais sentido para mim, mas você pode brincar com o layout e decidir qual a fluidez da sua página “Sobre mim”.

O gancho

Assim como num blog post, você tem que fisgar seu leitor. Começe com algo estranho e fora do comum, algo que a maioria das outras pessoas não dizem ou tem medo de dizer. Caso você queira que isso apareça mais, use negrito.

Nessa seção, e durante toda a construção de uma página “Sobre mim”, você tem que ter 3 coisas em mente:

  1. Quem você é
  2. O que você faz
  3. Porque você faz

Faça o que fizer, não repita que esta é a sua página “Sobre mim”. O leitor já sabe disso – eles clicaram no link.

O básico

Comece com seu nome, seu trabalho e sua locação, e então adicione ao texto sua “coisa”.

“Hey, eu sou Lindsay, uma escritora freelancer de Nova York. Eu sou totalmente obcecada com podcasts sobre casos criminais.”

Valorize-se um pouco

Dê a você qualidades, mas que essas possam ser relacionadas as pessoas que vão ler sua página. O que faz a sua experiência te conectar com seus visitantes? O que os deixa acordados a noite, e como a mesma coisa surge o mesmo efeito em você?

Eu fui uma freelancer por 10 anos, e conversei com muitas agências de marketing durante esse tempo. Eu sei como pode ser duro para se contratar freelancer – eles não sabem o que você quer e você não sabe o que eles precisam.

Ajude mais

Eles sabem que você é apto a ajudá-los, mas não sabem como. Não entre em muitos detalhes aqui. As pessoas estão mais preocupadas com resultados – seu processo pode ser completamente curto e reduzido e ainda assim efetivo.

Eu atuo como o meio entre agências e escritores para que assim, ambos possam ter o que querem sem demoras, surpresas ou despesas inesperadas.

Depoimentos

Você pode por depoimentos no começo ou no final de sua página “Sobre mim”, mas eu coloquei aqui por que sinto que fica naturalmente melhor – você mostrou aos leitores que pode ajuda-los e agora está mostrando exemplos disso. Se possível, inclua depoimentos de influenciadores, publicações impressas e pessoas reais.

fontes

Dê uma base histórica

Você já chamou a atenção deles, então agora precisa dizer um pouco de como começou a fazer o que faz e como sua empresa foi fundada. Inclua essas infromações:

  • Ano de fundação
  • Local
  • Número de empregados
  • Porque começou o negócio
  • Sua visão e seus objetivos
  • Suas maiores conquistas

Essa é sua chance de empatizar mais com seu leitor. Deixem eles sabendo que você passou pelas mesmas dificuldades com as mesmas questões que eles estão se perguntando. Coloque em palavras o que está na sua mente.

Mídia adicional

Sempre inclua uma foto de você – recente e inofensiva. A foto do seu rosto vai fazer você parecer mais adorável e confiável.

Considere adicionar um vídeo, especialmente se quer explicar um processo ou um produto. Você também pode incorporar um dos seus vídeos mais populares do YouTube, o que vai leva-los a sua conta e direcionar o tráfego ali.

Seja humano

O que faz você um ponto fora da curva, interessante e diferente do resto? O que te torna humano? Liste três coisas.

Você pode fazer isso brevemente como “hey, eu sou uma seção humana estranha” no final como eu fiz ou falar sobre detalhes mais humanizados durante o texto – sua escolha.

Call-to-Action (CTA)

Se as pessoas estão visitando muito sua página “Sobre mim”, devia ter um CTA nela. Esta deve ser uma das suas ofertas mais amplas: a página “Sobre mim” não é sobre uma parte específica da sua empresa e a CTA também não precisa ser. Que ação as pessoas devem seguir para obter o maior benefício do seu site?

call to action

Confira o resto da página “Sobre mim” da Sarah também. Em termos de exemplos, esse é um dos meus favoritos – o conteúdo flui naturalmente, como se você estivesse numa conversa com ela. A Sarah conversa diretamente com você e conta sobre ela mas enquanto te faz pensar em você mesmo.

Informação para contato

Passe endereços de email ou número de telefone, seu endereço caso você tenha uma loja física ou um escritório, e também seus links de mídia social. Assim seu visitante terá meios de se conectar com você. Enquanto isso pode ficar no final da página, experimente colocar no centro também, logo após a seção “Ajuda mais”.

Porém, existe uma exceção para isso. Se você está crescendo rapidamente e ficando cheio de emails e ligações, você pode remover sua informação pessoal de contato. Deixe os links de suas redes sociais, é claro, e considere como e se você quer que as pessoas possam entrar em contato com você, como um stream ao vivo num website ou no Messenger do Facebook.

3 exemplos de páginas “Sobre mim”

Vamos ver 3 exemplos populares desse tipo de página para explorar o que eles fizeram certo e o que fizeram errado.

Mirasee

mirasee

O que fizeram errado

A página “Sobre mim” do Mirasee não fala exatamente o que a empresa faz. Tem um cara vestindo uma camisa escrito “Seja mais curioso”, e uma tagline que fala “Reimagine os negócios” e uma descrição cheia de jargões do que Mirasee significa. Mas o que eles fazem? Eu não faço a menor ideia.

O que fizeram certo

Tudo está em uma página. Não tem motivos para manter a informação da página “Sobre mim” separada da sua visão e do seu time. Isso tudo acaba fazendo parte do guarda-chuva “sobre”, e você vai ter mais tração da página se tudo estiver junto.

MOZ

moz

O que eles fizeram errado

Nada.

O que fizeram certo

  • A página “Sobre mim” do MOZ vai direto ao ponto. Seus parágrafos são iguais em partes simples e fortes, e você fica sabendo o que é sua especialidade desde o início: SEO.
  • MOZ coloca “de onde o nome MOZ vem” no final – está ali, mas eles sabem que é a parte menos importante sobre sua história.
  • Eles mantem tudo em uma página. Portanto os textos são curtos apesar de ser divididos em várias seções.

Obs: Backlinko é outro site que acerta em todos os pontos em sua página “Sobre mim”: é clara, direta, com CTA e provas sociais.

sobre mim

Niche Hacks

Ok. Você vai precisar de um belo copo de café para analisar essa página. Tem muita coisa acontecendo na página “Sobre mim” da Niche Hacks.

sobre mim

O que fizeram errado

Tem muito texto, e dividi-los em mini parágrafos não está ajudando. Como resultado disso, a primeira seção acima da dobra é uma monstruosidade. Isso tudo podia ser condensado em um ou dois parágrafos que mostrariam que meles são e como eles podem te ajudar. Conteúdo curto é um conteúdo seguro e confiante.

Eles também erraram em outros aspectos. A seção “Como este blog ajudará você a ter sucesso on-line” tem uma informação que deve estar no topo da página: “Publico recursos épicos, distribuo segredos comerciais e publico informações gratuitamente que a maioria dos profissionais de marketing da Internet cobra grande dólares para fazer.”

O que eles fizeram certo

Se você continuar indo para baixo, você vai chegar na seção “O que esperamos conquistar nos próximos 5 anos”. Apesar do que você achar dessa seção, está formatada de um jeito muito melhor que o resto acima. Tem uma legibilidade muito melhor que o resto do texto.

sobre mim

Também há links para “conteúdo impressionante” nas partes inferiores. Ter links aqui da ao leitor ul lugar para ir quando acabarem de ler essa página. É mais provável que você clique num link do que volte para o topo da página para tentar achar o blog e etc.

O que eles fizeram “meio” certo

Eles incluiram depoimentos de leitores reais assim como de influenciadores da indústria. Infelizmente, eles têm uma tonelada de depoimentos, e alguns são mais fortes do que outros. Eu escolheria os cinco primeiros, colocaria mais perto do topo da página e deixaria eles fazerem seu papel de prova social. Você sempre pode incluir mais depoimentos em uma página dedicada especialmente a isso.

Conclusão

Há muito de se pensar aqui, e de nada vale você se estressar sobre quais 500 palavras serão as mais importantes de seu site. Aqui estão as notícias boas: você já sabe toda essa informação. Toda ela. Você sabe quem é, o que faz, a quem serve, no que trabalha, porque faz… Tome seu tempo para juntar tudo de uma maneira que fique claro. Não se preocupe em ser criativo, só seja transparente e honesto – leitores vão te respeitar por isso enquanto aprendem o que você pode proporcionar a eles.

Conheça nosso Blog!

Facebook Comments

Alex Almeida

Administrador de Empresas, especialista em gestão empresarial, fotógrafo, designer digital, especialista em assuntos digitais com mais de 20 anos de experiência com projetos digitais de diversos segmentos, tamanhos e empresas internacionais. SEO & Fundador da Máquina de Resultados | Agência de Marketing Digital