Veja 5 dicas de como ser o vendedor dos sonhos:

1. Tempo é dinheiro

Você já ficou um tempão na fila de espera ou demorou para ser atendido? Pois é, na internet é a mesma coisa.

Segundo pesquisas, 40% das pessoas abandonam uma página da web se ela demorar mais que três segundos para carregar. Além disso. sites que carregam mais rápido tem melhor posicionamento no Google.

Aumentar a conversão, ter visibilidade e ganhar referência no mercado.

Esse é o sonho de todo vendedor dentro e fora do ecommerce. Mas você já parou para pensar sob a perspectiva do comprador? E se você estivesse comprando um produto ou serviço, o que deixaria você satisfeito ou insatisfeito?

2. Atendimento: estratégia de marketing

Você já voltou a uma loja só porque foi bem atendido? Um atendimento rápido e bem feito faz toda diferença.

Segundo pesquisa da American Express, 42% dos clientes bem atendidos comentam as boas experiências contra 53% que comentam as más experiências.

Lembre-se de manter a FAQ atualizada, responder ás questões dos clientes nas redes sociais, manter um bom histórico no Reclame Aqui e claro, ter um chat online “feito de pessoas”.

3. Prazo de entrega: dor de cabeça?

A principal frustração dos clientes de e-commerce registrada no Reclame Aqui é relacionada a atrasos na entrega dos pedidos.

Faça a lição de casa: disponibilize para a venda somente produtos que estejam de fato no estoque ou que tenham um prazo de entrega garantido.

Quanto mais rápido o produto for faturado, embalado e despachado, menor a chance de atrasos. Não deixe de acompanhar de perto o trabalho das transportadoras para diminuir as falhas.

4. Pós-venda

Fidelizar um cliente é muito mais fácil e barato do que conquistar novos.

Trabalhe ações de relacionamento com o cliente e se o seu produto tiver uma venda recorrente, pense na possibilidade de elaborar planos de assinaturas.

Ofereça vantagens como promoções, descontos e exclusividades para os assinantes e faça cobranças de forma automatizada e sem incomodar o cliente.

5. Checkout é a chave da conversão

Outra experiência que você já deve ter tido como consumidor é em relação página de finalização da compra (checkout).

Nada mais desagradável do que ter que preencher aqueles formulários enormes, ser redirecionado para outros sites e depois por algum motivo ter informações rejeitadas.

Por isso pergunte apenas o necessário e se possível tenha um checkout transparente, sem redirecionamentos.